terça-feira, 3 de janeiro de 2012

A Salvação de Forma Simples



Muitas pessoas não entendem o que é salvação e nem sabem do que devem ser salvas, para entendermos com clareza a salvação é preciso olhar para o plano de Deus para a humanidade, antes que o mundo existisse Deus criou os anjos e todos os exércitos do céu que foram chamados de seus filhos, o Senhor criou os anjos perfeitos, e deles Deus recebia louvor e gloria. Verdadeiramente o Senhor era amado e adorado por seus anjos, mas esse amor e adoração seriam bem maiores se os seres angelicais tivessem direito de escolha, sendo assim Deus criou o homem uma criatura com livre arbítrio, que tinha o direito de optar em amar a Deus, segui-lo ou não, não sabemos com certeza se foi este o motivo que levou Deus a criar o homem, na verdade a Bíblia fala de vários motivos, mas isto não é o que queremos discutir aqui, o que queremos mostrar é que o primeiro homem Adão desprezou os ensinos de Deus e pecou, por isso foi separado de Deus, desse momento em diante os homens sofreram terríveis conseqüências, como a morte que veio ao mundo por causa do pecado, as doenças, dores e a tristeza de não ouvir mais a voz de Deus.

“Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram” (Romanos 5.12).
Muito tempo se passou até que o Senhor decidiu enviar seu filho ao mundo para morrer por nossos pecados, Jesus veio ao mundo para pagar pelos nossos erros, para restaurar a nossa comunhão com Deus e para nos dar o direito de vida eterna.

“No dia seguinte, viu João a Jesus que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” (João 1.29).

A salvação é a obra de Jesus Cristo, o filho de Deus, ele tomou sobre si o pecado do mundo sofrendo na cruz o castigo por ele, e entregou sua vida derramando seu sangue em expiação pelos nossos pecados.

“Porque a vida da carne está no sangue. Eu vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pelas vossas almas: porquanto é o sangue que fará expiação em virtude da vida” (Levítico 17.11).

“Sabendo que não foi mediante cousas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem macula, o sangue de Cristo” (1 Pedro 1.18-19).

“No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça” (Efésios 3.16).

Você precisa se arrepender por seus pecados, de ter vivido sem se importar com a vontade de Deus! O arrependimento também o conduz a uma decisão firme de não querer mais voltar à vida de pecado e de desobediência, a pessoa que aceita pela fé que Jesus Cristo sofreu a morte na cruz por ela, recebe naquele mesmo instante o perdão dos seus pecados, a paz com Deus e uma nova vida, a vida eterna, salvação então seria o resgate pago por Jesus, quando morreu na cruz por todos os homens, ele tomou nossa divida para Ele mesmo e pagou o preço com seu próprio sangue, a palavra de Deus diz:

“Verdadeiramente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido”. “Mas ele foi ferido pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos trás a paz estava sobre ele, e pelo seu sofrimento fomos sarados”. (Isaías 53:4, 5).

A salvação foi um presente dado por Deus aos homens porque Ele ama a humanidade e não quer que os homens vivam separados dele, Deus é o inventor do homem, foi Ele que pensou em todas as partes do nosso corpo, foi Ele que inventou todas as nossas expressões e sentimentos, tudo o que Deus fez em nós foi com amor profundo, Ele criou um ser com o qual Ele queria conviver, mas o pecado separou o homem de Deus, a Bíblia diz que ao cair à tarde no jardim do Éden Deus vinha conversar com Adão, mas quando Adão pecou o Espírito de Deus se entristeceu com ele e não mais o procurava no cair da tarde, todas estas coisas são prova do amor do Senhor para com o homem, mas Deus não pode conviver com o pecado, foi por isso que Ele mandou o seu único filho para dar a sua vida em favor do homem.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3.16).

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor” (Romanos 6.23).

Nenhum comentário:

Postar um comentário