segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Incêndio em boate Kiss: Acidente ou Sacrifício ?


Queridos Leitores do blog do bastião sena, o Brasil está comovido com esta tragédia que aconteceu na boate Kiss, as pessoas buscam uma explicação ou uma justificativa para o ocorrido. Ao encontrarmos está matéria no site dos iluminatti, achamos interessante trazer para debatermos com os nossos leitores.

Gostaríamos muito de saber da opinião dos nossos leitores através dos seus comentários, que ansiosamente aguardarei.

Sebastião Sena(bastiaosena@oi.com.br)


 Incêndio em boate Kiss: Acidente ou Sacrifício

Olá amigos leitores de "Os Illuminati", tudo bem ? Será que o incêndio em Santa Maria, foi um acidente ou um sacrifício?

Vamos apresentar aqui as estranhas "coincidências" sobre a tragédia que houve na Boate Kiss em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. O incêndio deixou mais de 230 mortos, além de inúmeros feridos. Sei que pode soar um pouco impróprio tratar este evento desta forma, mas como o "Os Illuminati" aborda temas e assuntos que não estão na mídia comum, acho importante publica-los.
Depoimento de um sobrevivente do incêndio em boate

Será que este incêndio foi premeditado?

 Incêndio em boate Kiss: Acidente ou Sacrifício
 233 pessoas morreram nesse incêndio. 

Lembrando que o dia 27 de janeiro (2+7=9) é o dia Internacional em Memória do Holocausto.Confira este texto na íntegra, do jeito que foi escrito, que está circulando pela internet. Mas depois de apresentar os fatos aqui tire suas conclusões. Todo mundo esta falando da tragédia que aconteceu, eu vou falar o que eu acho.



 Incêndio em boate Kiss: Acidente ou Sacrifício
 A Jovem Michele Cardoso que morreu no incêndio da boate Kiss fez pedido de socorro pelo Facebook

Eu particularmente não acho que isso foi um acidente ou coisa do tipo, se vocês ligarem as coisas podem perceber isso também.  O cartaz da banda, era uma caveira pegando foco e no fundo varias caveiras dançando pegando fogo também.

Agora começa a coisa mais estranha, a última musica que foi tocada foi Die Young, que traduzindo significa Morrer Jovem. Para saber mais veja o nosso artigo sobre a polemica dessa música nos EUA, O artigo se chama Ke$ha “Die Young” e o mega sacrifício IlluminatiNa boa, os seguranças fecharam todas as portas. Se alguém chegasse e falasse que estava havendo um incêndio é claro que iriam abrir as portas, até porque eles não iriam querer morrer e muito menos serem acusados por serem responsáveis pela morte de mais de 200 pessoas. 
Ke$ha “Die Young” e o mega sacrifício Illuminati

Uma coisa estranha também é que uma sobrevivente disse que viu uma mulher de vestido vermelho sorrindo pra todos (isso é bizarro).

Agora, ta vendo esse cara aqui que tirou foto do lado do cartaz da banda? 

 Incêndio em boate Kiss: Acidente ou Sacrifício ?
Foi ele quem jogou o sinalizador que fez começar o "incêndio acidental" (eu não acredito nessa história que foi um acidente).

Além disso tudo que é super estranho,na página da Kiss no facebook foi postado assim "hoje temos a banda gurizada, a kiss vai pegar fogo" logo depois do incêndio o post foi apagado,estranho não? E uma coisa super estranha foi que o só morreu um integrante da banda (ele era o mais novo) só porque ele não conseguiu sair da fumaça,o outros mal se feriram, se não fosse por isso, todos os integrantes da banda estavam bem e vivos. 

Na boa,eu não acho que isso foi um acidente,uma boate não pode pegar fogo do nada e iniciar um incêndio só por causa de um sinalizador gente,eu não acho que 233 pessoas morreram assim nesse incêndio que aconteceu do nada, não concordam?


http://www.osilluminati.com/2013/01/incendio-em-boate-kiss-acidente-ou.html#ixzz2JI4WvLEs

UM TRISTE FIM! OU NÃO!


Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho (Fl 1:21)

Conta-se que o filósofo Herbert Spencer (1820-1903) tinha decidido que sobre a lápide de sua sepultura devia ser gravado só a palavra: Infelicissimus. Esta palavra latina significa: profundamente infeliz. Foi este o balanço de sua longa vida? Sabe-se que a teoria da evolução ocupava um importante lugar em sua filosofia. Esta doutrina procura explicar a origem dos seres vivos sem a intervenção divina. Por isso, para muitos é um valioso meio para calar a consciência com respeito a Deus e à eternidade. Isto pode dar resultado por um tempo, mas o exemplo de Spencer demonstra que diante da morte as dúvidas já não calam mais.

Quão distinto é o caso do apóstolo Paulo! Ele também fez o balanço de sua vida quando estava diante da morte numa prisão em Roma. Não era uma feliz circunstância, depois de todas as provações e oposições que havia experimentado. Contudo, não era infeliz. Desde o momento em que Jesus o encontrou em Damasco, Paulo tinha em Cristo a única meta de sua vida, Estava tão unido ao Salvador, que no final de sua carreira esperava receber a coroa de justiça da parte do Senhor “justo juiz” (2Tm 4.8).

Ter Cristo como meta na vida ainda está ao alcance de todos os seres humanos. Mas quem só faz o balanço no final de sua vida, na maioria dos casos, não tem a possibilidade de voltar atrás e começar de novo sobre outra base. É necessário pôr a vida em ordem com Deus hoje mesmo.


Transcrito BOA SEMENTE devocional 2005
http://valdenicefreitas.blogspot.com.br/2013/01/um-triste-fim.html

Índice de mortes entre mulheres fumantes alcança o de homens



Um estudo conduzido por pesquisadores britânicos constatou que, pela primeira vez, o índice entre mortalidade de mulheres fumantes se equiparou ao dos homens dependentes do cigarro.

A pesquisa, publicada na revista científica "New England Journal of Medicine", também revelou que as mulheres fumantes têm hoje muito mais chances de morrer por causa do vício do que nos anos 60.


Entre as principais razões para isso estão mudanças de hábito, como o início da dependência mais cedo e o número de cigarros tragados.

A primeira geração de mulheres fumantes nos EUA (país da pesquisa) surgiu durante os anos 50 e 60. Nessas duas primeiras décadas, as mulheres que fumavam tinham três vezes mais chances de morrer em decorrência de câncer de pulmão do que aquelas que nunca tinham desenvolvido o vício.

Porém, ao analisar os dados das mulheres entre 2000 e 2010, os pesquisadores constataram que elas tinham 25 vezes mais chances de morrer da doença do que aquelas que não fumavam.

A tendência observada no público feminino é semelhante à dos homens, que alcançaram um nível similar de mortalidade por cigarro nos anos 80.

Para conduzir o experimento, os cientistas analisaram os dados de mais de 2 milhões de mulheres nos Estados Unidos.

Segundo o pesquisador responsável pelo estudo, Michael Thun, "o forte aumento do risco entre as fumantes mulheres tem se mantido por décadas, mesmo depois de se identificarem os graves riscos à saúde decorrentes do tabagismo e apesar de as mulheres tragarem cigarros de marcas consideradas menos nocivas e com menos nicotina".
Michael Thun

"Portanto, o consumo de marcas de cigarro tidas como 'light' ou 'suave' não apenas falhou em prevenir um forte aumento do risco nas mulheres, como também elevou o número de mortes por doenças de obstrução do pulmão crônicas em fumantes do sexo masculino."

Isso se explica, segundo ele, pelo fato de "a fumaça diluída nesses cigarros (light ou suaves) ser inalada mais profundamente pelos pulmões dos fumantes, (na tentativa de manter) uma absorção frequente de nicotina".

Pesquisas publicadas no ano passado indicam que as mulheres que fumam há muito tempo têm dez anos de vida a menos do que as que nunca adquiriram tal vício.

Entretanto, aquelas que abandonaram o cigarro em torno dos 30 anos de idade praticamente eliminaram os riscos de morte precoce por doenças típicas relacionadas ao tabagismo. Já quem parou aos 40 perdeu um ano em sua expectativa de vida.

Em declaração a jornalistas, o professor Richard Peto, da Universidade de Oxford, na Inglaterra, disse que "se as mulheres fumam como os homens, elas vão morrer como os homens".
Professor Richard Peto

No Brasil
Cerca de 25 milhões de brasileiros são fumantes. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), 200 mil pessoas no país morrem por ano em decorrência do cigarro.

Quem fuma adoece com uma frequência duas vezes maior que um indivíduo livre do vício. Também tem pior resistência física, fôlego, aparência e desempenho nos esportes e na vida sexual.


Tabagismo (Foto: Arte/G1)
E no bolso?
consumo cigarro dia (Foto: Arte/G1)

Mesmo assim você continua querendo fumar?

Então você não ama sua vida nem o seu bolso.

Fontes:



segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Melhor não deixar o ovo cair


"A história da Páscoa é um mito", dizia o professor de ciências de uma escola a seus alunos, alguns dias antes da Páscoa. "Jesus não saiu do túmulo," continuou, "mas, primeiramente, não existe nenhum Deus no céu que possa permitir que seu filho seja crucificado."

"Senhor, eu acredito em Deus", José protestou. "E eu acredito que ele ressuscitou!" 

"José, você pode acreditar no que você quiser, é claro," o professor respondeu. "Porém, no mundo real não existe a possibilidade de tais milagres, como a ressurreição. Ninguém que acredite em milagres pode respeitar a ciência." 


"Deus não é limitado pela ciência," José respondeu. "Ele criou a ciência!" 

Incomodado com o modo como José defendia sua fé, o professor propôs um experimento cientifico. Foi até a geladeira e pegou um ovo de galinha.

"Eu vou deixar este ovo cair no chão," começou o professor. "A gravidade vai fazer com que ele caia no chão e se despedace. "Olhando fixamente para José, ele continuou: "Agora, José, eu quero que você faça uma oração e peça ao seu deus para que quando eu soltar este ovo ele não caia no chão e se quebre. E se ele conseguir fazer isto, você terá provado que Deus existe, e eu terei que admitir isso." 

Após pensar por um momento sobre o desafio, José lentamente começou sua oração. "Querido Pai celeste," ele iniciou. "Eu peço que quando o meu professor soltar este ovo ... ele caia no chão e se quebre em uma centena de pedaços! E também, Senhor, eu peço que quando este ovo quebrar, meu professor tenha um ataque cardíaco fulminante e morra. Amém." 

Após os cochichos da classe, veio um silêncio fúnebre. Por um momento o professor não fez nada. E por fim ele olhou para o José e depois para o ovo. E, sem dar uma palavra, ele cuidadosamente devolveu o ovo na geladeira. "A aula acabou" disse o professor enquanto pegava suas coisas. 

O professor aparentemente acreditava mais em Deus do que ele mesmo imaginava. Muitas pessoas são como este professor, negam que Deus existe, mas correm para ele nos momentos difíceis. Porém questionam, e o atacam todas as vezes que tem chance. José sabia que Deus não iria matar o seu professor naquele momento, mas também sabia que seu professor não apostaria sua vida por um ovo. Quando sua vida está em jogo a ideia de que Deus existe parece fazer mais sentido.

São muitos os que dizem que não acreditam em Deus, mas, os que dizem que acreditam, no entanto, não creem na eficacia da sua palavra, certamente este numero é bem maior, a prova disto é que são poucos os que acreditam que Deus tem poder para salva-los, estão sempre preocupados em provar ou não a existência de Deus, enquanto que o nosso Deus não está nem um pouquinho preocupado com isso, quando Moisés quis saber em nome de quem ele deveria ir ao Egito, ele simplesmente disse:EU SOU O QUE SOU.(Êxodo 3:14) Devemos nos lembrar que Deus sem eu e sem você ele é Deus, enquanto que, eu e você sem Deus não somos nada.


Baseado em:http://recursoshomiletica.blogspot.com.br/2012/04/melhor-nao-deixar-o-ovo-cair.html

Estados e Municípios são obrigados a informar gastos


Todos os gestores, incluindo o governo federal, devem divulgar as despesas com ações e serviços públicos na área de saúde
O Ministério da Saúde amplia as ferramentas de controle e transparência para permitir que o cidadão acompanhe a aplicação de recursos na área da saúde. A portaria 53 publicada nesta quinta-feira (17) no Diário Oficial da União determina que Estados, Distrito Federal e Municípios devam publicar os gastos com saúde no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (SIOPS). Desta forma, o cidadão poderá verificar se o seu estado ou seu município está cumprindo a aplicação mínima de recursos na saúde.

De acordo com a Emenda Constitucional 29, a União deve aplicar na saúde o valor empenhado (comprometido em orçamento com projetos e programas) no ano anterior mais a variação nominal do Produto Interno Bruto (PIB). Já os estados e o Distrito Federal precisam investir 12% de sua receita, enquanto os municípios devem aplicar o mínimo de 15%.

Os gestores públicos das três esferas de governo (municipal, estadual e federal) devem declarar no sistema as receitas totais e as despesas com ações e serviços públicos de saúde.
O sistema faz o cálculo automático dos recursos públicos mínimos aplicados em ações e serviços de saúde, facilitando o monitoramento do Ministério da Saúde e órgãos de controle. A medida deve ainda incentivar a transparência, uma vez que o SIOPS é um sistema aberto à população.
Olho no dinheiro público

Hoje, o SIOPS já existe e funciona nesses moldes, mas os gestores não são obrigados a publicar suas receitas e despesas. A partir de agora, o gestor que não alimentar o sistema pode ter condicionamento das transferências constitucionais – como repasses do Fundo de Participação dos Municípios e Fundo de Participação dos Estados – e suspensão das transferências voluntárias dos recursos da União – como celebração de convênios e contratos de repasses.

A partir das novas atribuições, o SIOPS precisará passar por um processo de remodelagem e adaptação. A portaria também estabelece orientações para os gestores públicos quanto à declaração e homologação dos dados indicados no sistema, inclusive sobre os prazos para a efetivação dos registros.
O diretor do Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento do Ministério da Saúde, Adail Rollo, destaca que a alimentação do sistema, bem como os dados ali registrados, é de responsabilidade dos gestores dos entes federativos declarantes: União, Estados, Distrito Federal e Municípios. “É um dever informar as despesas com saúde. Além do respeito aos princípios constitucionais, como os da publicidade e moralidade, os dados consolidados do SUS possibilitam avaliar o financiamento atual do Sistema Único de Saúde e discutir necessidade de aportes adicionais para o seu financiamento”, relatou.
Ainda segundo Adail Rollo, a medida traz uma forma de controle social, em razão do fácil acesso aos dados informados pelos estados e municípios, por parte de toda e qualquer pessoa que possa ter acesso à internet. E, ainda, aumenta a visibilidade da gestão pública em saúde.
Adail Rollo
Os dados informados são organizados e disponibilizados na Internet, no endereço http://siops.datasus.gov.br, sob a forma de diversos tipos de consultas e relatórios. Um dos indicadores gerados é o do percentual de recursos próprios aplicados em ações e serviços públicos de saúde, que demonstra a situação relativa à aplicação do valor mínimo no SUS.
HISTÓRICO– A portaria publicada no DOU faz parte de uma construção. Primeiro, veio a Lei Complementar 141, de 13 de janeiro de 2012, e elegeu o SIOPS como o sistema de registro eletrônico centralizado das informações de saúde das três esferas de governo, garantindo o acesso público às informações. A LC 141 regulamentou a EC 29/2000.
Em seguida, foi publicado o decreto 7.827, de 16 de outubro de 2012, que regulamentou os procedimentos de condicionamento e restabelecimento de transferências constitucionais, bem como de suspensão e restabelecimento das transferências voluntárias da União, nos casos de descumprimento da aplicação dos recursos mínimos em ações e serviços públicos em saúde. Este decreto, mais uma vez, reforçou o SIOPS como o sistema informatizado, de acesso público, a ser utilizado pelos gestores públicos para declaração de suas despesas com saúde para efeito de cálculo e comprovação da aplicação dos percentuais mínimos investidos em saúde.
Precisamos parar com isso.


domingo, 20 de janeiro de 2013

Hoje Também é dia de Gratidão


Gostaria de agradecer ao meu Deus pela benção dos meus 47 anos completados neste 20 de Janeiro de 2013.
Agradecer aos meus pais, Francisco e Maria Sena.
E a todos que contribuíram para o meu desenvolvimento durante este percurso, especialmente a minha esposa Iraldi e meus filhos Sarah e Samir.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Hoje é dia de Gratidão- 26 Anos de União Matrimônial


Certamente que todos os dias devemos ser gratos ao Senhor, mas, hoje é um dia especial por que a exatamente 26 anos atrás, no dia 16 de Janeiro de 1987, ás 18 horas e 30 minutos, através da benção do pastor Paulo Fagianni, no templo da Igreja Batista Regular de Caicó, Deus me concedeu o maior presente da minha vida, a minha esposa Iraldi, mulher verdadeiramente virtuosa.

Como se não fosse bastante esse maravilhoso presente Deus ainda nós concedeu duas grandes bençãos que são Sarah Nahara e Itamar Samir. Que darei ao Senhor por todos os benefícios que me tem feito? Só posso invoca-lo em gratidão.

Gostaria de dedicar a Iraldi esta música que expressa muito bem o nosso amor.
video


Obrigado Senhor.

Sebastião Sena  

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

País sem Lei



Tem uma música de Rafael Dias e Silas Barcelos, que foi gravada pelo cantor Wellington Camargo em 1999, o nome desta música é "País sem Lei", o próprio cantor na época se recuperava de um sequestro que mobilizou todo o país. 
Wellington Camargo depois do sequestro

Apesar de já ter passado 14 anos, podemos contatar que o nosso país Brasil, só tem aumentado a violência, a mensagem do Programa Meu Nordeste para Cristo deste sábado dia 12/01/2013, estaremos apresentando a letra desta música e também tocando-a, para que todos possam refletir, refletir sobre o valor da vida que tem sido tão desvalorizada em nosso país. 

Estão matando por nada, simplesmente pelo prazer de tirar a vida do semelhante. Acompanhamos na imprensa casos que chocam a todos vidas ceifados as vezes por causa de pequenas discussões ou até mesmo por causa de Cr$ 7,00, como esta semana o dono de um restaurante matou um cliente por causa desta misera importância.
Ceifaram uma vida por causa de R$7,00



A música deixa claro que este país precisa de Jesus Cristo, não estou falando de religião, pois tem muita gente religiosa e fazendo besteira por ai, as pessoas precisam é conhecer Jesus Cristo como Senhor e salvador de suas vidas.


Letra da música -País sem lei


Deus eu dobro os meus joelhos por essa nação
Deus eu dou a minha vida pelo meu irmão
Deus aonde vai parar tanta violência,
Seres humanos sem consciência, roubando e matando inocentes no escuro.
Deus muda o coração destes seres humanos, faz deles homens e não profanos,
Exterminadores do nosso futuro.

Falta coragem, falta amor ,ainda ontem eu falei,
Uma canção não muda um país sem lei.
O que será do amanhã, desta nação sem consciência,
Nosso país é uma criança que não pensa .
Deus nós precisamos de luz, dar cara a verdade do amor
O caminho de tudo é Jesus, nosso amigo, nosso irmão e salvador


Ouça A Música


http://meunordesteparacristo.blogspot.com.br/2013/01/pais-sem-lei.html

Ministério da Saúde convoca médicos para o Provab 2



Programa oferece especialização com bolsa de R$ 8 mil para atuação na Atenção Básica em localidades com carência de profissionais.

A partir desta sexta-feira (11), médicos de todo o país já podem se inscrever para a segunda edição do Programa de Valorização do Profissional na Atenção Básica (Provab). O programa promove a qualificação profissional por meio da atuação em periferias de grandes cidades, municípios do interior ou áreas remotas. As regras para as inscrições constam no edital publicado nesta quinta-feira (10). Após realizar a adesão, no prazo de 06 a 17 de fevereiro, os médicos devem indicar em quais municípios querem atuar.


Pela nova edição do Provab, os médicos cursarão pós-graduação em Saúde da Família e receberão bolsa custeada diretamente pelo Ministério da Saúde no valor de R$ 8 mil mensais, pelo período de 12 meses. O curso prevê atividades práticas na Atenção Básica, supervisionadas por instituições de ensino superior (IES), bem como atividades teóricas desenvolvidas em (EAD) pela Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UnA-SUS), rede de universidades públicas de referência.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, enfatiza a importância dessa experiência na qualificação profissional do médico. “O principal objetivo do programa é complementar a formação médica com a atuação supervisionada na Atenção Básica em áreas vulneráveis, mais pobres ou no interior do país. Além disso, o programa permite que o médico, com essa complementação, seja valorizado quando for pleitear uma vaga de especialização”, explica Padilha.
Alexandre Padilha

Os profissionais bem avaliados pela IES receberão pontuação adicional de 10% nos exames de residência médica, conforme a resolução 03/2011 da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

Para o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mozart Sales, a expectativa é que esta nova edição desperte mais interesse nos profissionais. “Além da mudança com relação à bolsa, que será custeada pelo Ministério da Saúde, o Provab 2 alia a formação supervisionada nas Unidades Básicas de Saúde com um curso de especialização, ou seja, um atrativo a mais para o médico”, avalia o secretário.
Mozart Sales

A adesão dos médicos deve ser efetuada via internet, através do endereço eletrônico http://provab2013.saude.gov.br, por meio de preenchimento de formulário eletrônico e anexação dos documentos exigidos no edital.

FASES DA INSCRIÇÃO – Após aderirem ao programa, os profissionais deverão escolher a localidade onde desejam atuar, no âmbito dos municípios que aderiram ao programa. O profissional poderá selecionar uma opção em cada um dos seis perfis estabelecidos pelo Ministério da Saúde como regiões prioritárias: capital ou região metropolitana; população maior que 100 mil habitantes; intermediário; população rural e pobreza intermediária; população rural e pobreza elevada; e populações quilombola; indígena e dos assentamentos rurais. A adesão dos municípios ainda está aberta. Os municípios podem aderir ao Provab 2013 até 01 de fevereiro.

O número de vagas em cada localidade dependerá da demanda informada pela respectiva secretaria de saúde, e a distribuição dos médicos obedecerá a critérios de preferência nos casos em que o número de profissionais interessados for maior do que a oferta de vagas.

Terão prioridade na alocação, os médicos que se graduaram, obtiveram certificado de conclusão de curso ou revalidaram diploma em instituição de ensino localizada na unidade da federação a qual pertence o município, bem como os nascidos no estado. O segundo critério consiste na data e horário da adesão e, o terceiro, na idade do profissional, tendo preferência a maior.

Após a definição do local, o médico deverá se apresentar no município em que irá atuar durante o período de 20 a 26 de fevereiro. Estão aptos a participar do programa os médicos que não tenham vínculo empregatício com a Atenção Básica e não constem no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde na condição de profissional com vínculo ativo em Unidade Básica de Saúde. A lista final dos médicos e seus respectivos municípios será divulgada até o dia 28 do próximo mês, com início das atividades em 1º de março de 2013.

ORIENTAÇÃO – Os médicos terão acesso às ferramentas do Telessaúde Brasil Redes, programa do Ministério da Saúde que promove a orientação dos profissionais da Atenção Básica por meio teleconsultorias com núcleos especializados, localizados em instituições formadoras e órgãos de gestão. Outra ferramenta disponível aos profissionais é o Portal Saúde Baseada em Evidências, plataforma que disponibiliza gratuitamente um banco de dados composto por documentos científicos, publicações sistematicamente revisadas e outras ferramentas (como calculadoras médicas e de análise estatística) que auxiliam a tomada de decisão no diagnóstico, tratamento e gestão.

MUNICÍPIOS – Os municípios interessados em receber médicos pelo Provab 2 podem aderir até o dia 1° de fevereiro, por meio do site do Provab. As localidades listadas na Portaria Conjunta N° 1.377/2011, terão prioridade. Os gestores municipais serão responsáveis por acompanhar os profissionais durante sua atuação na unidade básica.

Os médicos serão também tutoreados por instituições formadoras, por meio de supervisores remunerados pelo Ministério da Saúde com bolsas no valor de R$ 3 mil. Os profissionais serão avaliados, mensalmente, pelos gestores e pelas instituições. Eles também farão uma autoavaliação.

PRIMEIRA EDIÇÃO – Pela primeira edição do Provab, foram contratados 381 médicos, que eram remunerados diretamente pelas secretarias de saúde, com as quais mantinham o vínculo funcional. Entre estes, 347 iniciaram as atividades até 30 de março de 2012. Destes, 340 foram avaliados positivamente pela instituição supervisora e pelo gestor local, e receberão a pontuação adicional nas provas de residência médica do próximo ano.
Confira o edital:
http://www.in.gov.br/visualiza/index.jsp?jornal=3&pagina=154&data=10/01/2013
http://www.in.gov.br/visualiza/index.jsp?jornal=3&pagina=155&data=10/01/2013

Ouça a matéria da Web Rádio Saúde sobre o Provab 2
http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/noticia/8897/162/ministerio-da-saude-convoca-medicos-para-o-provab-2.html
* Entendemos que é de suma importância a adesão dos médicos a esta convocação, visto que, temos uma carência muito grande de médicos em quase todos os municípios do Brasil, com este incentivo esperamos que os médicos deixem um pouco as capitais e se voltem para o interior, onde os casos de falta de profissionais de saúde são gritantes.


*Sebastião Sena.


http://meunordesteparacristo.blogspot.com.br/2013/01/ministerio-da-saude-convoca-medicos.html